_AVANÇOS PARA RESOLVER O PROBLEMA DA ÁGUA EM OURINHOS_

GESTÃO DE SERIEDADE E
RESPEITO COM A POPULAÇÃO
*DAEE verifica locais indicados para perfuração de novos poços*
Na última terça feira, o geólogo Emílio Carlos Prandi do DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado, esteve em visita técnica na SAE verificando os locais indicados pela autarquia para perfuração de dois poços profundos, como parte dos investimentos para resolver o abastecimento de água no município.
O DAEE é o órgão gestor dos recursos hídricos do Estado de São Paulo e atende os municípios executando a política estadual na área, coordenando o Sistema Integrado de Gestão de Recursos Hídricos, como unidade físico – territorial de planejamento e gerenciamento.
Geólogo há mais de 30 anos, Emílio trabalha na assessoria técnica do DAEE, fazendo análises, elaboração de estudos e projetos, fiscalização de obras e acompanhamento dos projetos de captação de águas subterrâneas na Bacia do Paranapanema. Ele explicou que quando as Prefeituras têm algum tipo de necessidade nessa área, eles convocam o DAEE de Marília, que encaminha alguém da equipe.
Acompanhado do Superintendente Inácio J.B. Filho e servidores da área de projetos e de operações, o primeiro local verificado foi nas proximidades do reservatório (caixa d’água) da sede do Corpo de Bombeiros na Vila Margarida. Em seguida a outra área visitada foi o terreno anexo ao reservatório do Parque Minas Gerais, próximo a Rodovia Raposo Tavares (SP-270).
Os locais indicados pela SAE são áreas onde já existem sistemas de reservação implantados o que contribui para que, uma vez os poços perfurados, já tenham também rede adutora de distribuição. “Estamos verificando os melhores lugares para perfuração de poço nas regiões onde a SAE tem mais dificuldade de distribuição de água, esses Poços precisam estar adequados para atender a população”, ressaltou o geólogo.
“Nesses locais, há grande probabilidade de existência de água. Como uma primeira etapa, a nossa proposta é fazer poços estratigráficos e, se for encontrado camadas geológicas as quais acreditamos encontrar, então se perfura os poços de produção”, acrescentou Emílio.
OURINHOS, CIDADE DE REALIZAÇÕES, OBSERVANDO LONGE …O NOSSO FUTURO!!