A oposição, que quer o poder em Ourinhos, tem uma proposta apenas, tirar o Lucas

No mínimo muito pouco criativa a única proposta dos mais afoitos dos pré-candidatos ao governo, tanto no ala interessada no Legislativo como na do Executivo

Quanto ao Legislativo não vislumbramos quaisquer novas propostas a não ser a gritaria dos inconformados de que os que estão vereadores deveriam ter trabalhado em prol da população durante os 03 primeiros anos de gestão, o que não tiramos a razão para quase a totalidade dos comentários, acreditando que poderiam ter feito algo muito melhor além de, como filhotes de passarinhos, aguardarem a alimentação nos bicos.

É evidente que o Executivo precisa do Legislativo para em comum alavancarem o Município, existindo controvérsias que politica ou tecnicamente podem ser superadas e, quando bom para a população, adotadas e, ao contrário, fustigadas, daí redundando a consciência de cada um não só na hora de votação dos projetos, mas também para um aprimoramento plausível, rodeado de boas intenções para com a cidade.

Ao Executivo lembramos que até o momento a oposição ainda raquítica e sem esperanças aponta um único candidato que da última eleição obteve em torno de míseros 5.000 votos, o que não se pode considerar candidato de peso, em especial quando adota linha de enfrentamento de inimigo de todos como é o caso, sujeitando-se ao baixo nível que a própria população desconsidera, não levando a sério,

Não se falando em outro candidato porque ainda não existe em condições de igualar ou superar o atual prefeito Lucas Pocay, os que perderam o lugar no passado hoje tentam, sem qualquer possibilidade de sucesso, denegrir a boa imagem de quem está prefeito, sem apresentar qualquer projeto porque também não existe quem dê um nome para a batalha política, usando apenas o próprio dos derrotados, ou seja, que têm esse ou aquele apoio, que o fim está próximo, que vão cassar ou afastar o prefeito e colocar gente nova (Mas quem???).

Simplesmente ridículo. Motivo de risos, pois enquanto se iludem contando com meia dúzia de fracos adeptos contrários, sem qualquer bagagem política, enquanto xingam e ameaçam os parceiros, funcionários e servidores do Executivo, a Prefeitura de Ourinhos está a todo vapor, trabalhando e produzindo muito, completamente restaurada e administrando muito bem o apoio que a maioria da população vem dando ao prefeito Lucas Pocay, e com absoluta razão.

Desponta, dessa forma, o receio de a oposição lançar um candidato a altura das benesses que o prefeito vem proporcionando ao Município com seriedade, moral elevada, ao final da primeira gestão praticamente cumprida como poucos e abatendo, dia a dia, todos os problemas existentes, enfrentando-os para não deixar – e se deixar -, o mínimo para os anos vindouros, o que transformou Ourinhos em uma cidade moderna, bonita e até mesmo invejada por muitos – conhecem o ditado: Quem desdenha quer comprar – que chegam a buscar coisas lá fora para mostrarem que nossa cidade não tem, mas não dizendo que todo o necessário naquela cidade não tem e que seus munícipes não se mudam para Ourinhos porque nossa cidade tem um valor maior em todos os sentidos, e mais, essas pessoas  que tentam denegrir o nome do gestor não se mudam daqui para outra cidade que apontam como maravilhosa porque sabem que lá é muito pior, que ainda nossa cidade é o melhor lugar para morar, para criar nossos filhos.

Daí, com apenas a proposta de tirar quem está prefeito de sua cadeira, é simplesmente ridículo, precisam de muito mais que isso, primeiro um nome, um candidato, um único candidato.

JORNAL TABLÓIDE