Alunos da rede municipal de educação iniciam projeto de plantio de mudas em Ourinhos

Alunos da rede municipal de educação iniciam projeto de plantio de mudas em Ourinhos

Alunos da Emef Dorothildes Bononi Gonçalves promoveram na manhã de segunda-feira (23) o plantio de 50 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica na área verde da própria escola localizada na Cohab. A ação realizada por estudantes de 6 a 11 anos teve a participação do Prefeito Lucas Pocay, do Secretário da Educação Wilson de Moraes Filho e de representantes da Unifio (Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos), parceiro da Emef Dorothildes no projeto denominado “Floresta de Bolso.”

Segundo Rodrigo Sanches, biólogo da Unifio, o nome “Floresta de Bolso” está relacionado com o pequeno espaço em que as árvores são plantadas. As mudas foram dispostas em cinco linhas, divididas em pioneiras e secundárias. As plantas pioneiras crescem antes e oferecem sombra para as secundárias. Devido ao espaço limitado, as plantas ‘competem’ e crescem mais rapidamente. No entanto, é preciso que as árvores sejam regadas diariamente no primeiro mês após o plantio, trabalho que ficará sob responsabilidade dos alunos.

O Prefeito Lucas Pocay ressalta que o plantio de árvores faz parte de uma formação fundamental para a criança, que passa a compreender a importância do respeito pela natureza, animais e pessoas.

“Buscamos oferecer na rede municipal uma formação completa e de qualidade em todas áreas. Esse plantio também beneficia a cidade e se liga ao trabalho que temos feito no Arborizando Ourinhos”, diz Lucas se referindo ao programa desenvolvido pela Secretaria do Meio Ambiente que já plantou mais de duas mil mudas de árvores em Ourinhos.

Além do ganho direto de qualidade de vida, a Prefeitura de Ourinhos busca com esta e outras iniciativas se certificar como Município Verde Azul, programa do governo do Estado de São Paulo para descentralizar a política ambiental e proporcionar a eficiência na gestão dos assuntos ambientais.

Edna Teixeira, professora do 5º ano, conta que os alunos estavam ansiosos para realizar o plantio e que foi feito um resgate da importância do reflorestamento. Os estudantes entenderam bem a lição. Rafaela, Maria Luiza, Caíque e João Guilherme, todos com 10 anos de idade, contam que as árvores são fundamentais para a saúde e qualidade do ar que respiramos.

“Estamos ajudando o meio ambiente”, explicam.