Bolsonaro quer subsidiar conta de luz de templos religiosos

Jair Bolsonaro quer subsidiar a conta de luz de templos religiosos de grande porte.

“A pedido dele, uma minuta de decreto foi elaborada pelo Ministério de Minas e Energia e enviada para a pasta da Economia, mas a articulação provocou forte atrito no governo”, segundo o Estadão.

“A equipe econômica rejeita a medida, que vai na contramão da agenda do ministro Paulo Guedes, conhecido por defender a redução de benefícios desse tipo. O Ministério de Minas e Energia confirmou que o assunto está sendo avaliado”.

O dízimo elétrico, evidentemente, seria bancado por todos os consumidores.

O ANTAGONISTA