Debatedores pedem mudanças no projeto sobre carreira e aposentadoria militar Fonte: Agência Senado

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) promoveu audiência pública nesta terça-feira (26) para discutir o projeto da reforma da Previdência dos Militares (PL 1645/2019), que abarca os efetivos das Forças Armadas e das polícias militares e corpos de bombeiros estaduais. Além da paridade e da integralidade, o texto aprovado pela Câmara dos Deputados prevê um aumento da alíquota de contribuição para a seguridade social de 7,5% para 10,5%, tanto para ativos e quanto para inativos. Para o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, esse valor deveria ser definido pelos estados, já que há uma desproporcionalidade entre o número de servidores em atividade em cada local. O senador Major Olímpio (PSL-SP) pediu agilidade na análise para que a matéria, que também reestrutura a carreira dos militares a partir de 2020, seja votada ainda neste ano. O relator do projeto é o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ). A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.

Agência Senado