“É uma falácia dizer que Amazônia é patrimônio da humanidade”

O Antagonista

O general Augusto Heleno disse ao Jornal da Cidade que o Sínodo da Amazônia, convocado pelo Vaticano, deveria se preocupar apenas com a “religiosidade”.

“Eu espero que o Sínodo se resuma a discutir religiosidade na Amazônia e que não entre no aspecto de discutir a soberania brasileira nem tente insinuar qualquer coisa como o presidente [Emmanuel] Macron insinuou, que a Amazônia vai ser internacionalizada, que a Amazônia é patrimônio da humanidade. Tudo isso é uma falácia. A Amazônia brasileira é do Brasil, vai ser cuidada pelo Brasil.”

O Antagongoista