INVESTIGAÇÃO Família é atingida por mais de 50 tiros no PR; polícia acredita em acerto de contas

BONDE

Uma família foi atingida por mais de 50 disparos de arma de fogo de calibre 9 milímetros na noite do último domingo (15), em Ponta Grossa (Campos Gerais). O delegado-chefe da Polícia Civil de Ponta Grossa, Nagib Nassif Palma suspeita que a família teria sido vítima de acerto de contas.

Na ocasião, três pessoas morreram, sendo o condutor do Chevrolet Corsa, Robson de Freitas Ferreira, de 31 anos, Daniele Ferreira, de 27, e um dos filhos do casal, de seis anos, que chegou a ser atendido no hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

BONDE