Lula deixa prisão e faz discurso para militância com ataques a Moro e MP

Bruno Aragaki, do UOL
Em seu primeiro pronunciamento após sair da prisão, Lula (PT) agradeceu a militância, criticou o Ministério Público Federal e alfinetou Sergio Moro, que o condenou quando era juiz e hoje é ministro da Justiça.

O ex-presidente saiu no fim da tarde de hoje da prisão da PF em Curitiba após decisão judicial e subiu diretamente em um palanque para falar com os cerca de 200 militantes presentes no local. Assista ao vídeo do momento em que Lula deixa a prisão.

“Se pegar o [Deltan] Dallagnol [da Lava Jatao], se pegar o Moro, se pegar alguns delegados que fizeram inquérito, enfiar um dentro do outro e bater no liquidificador, o que sobrar não é 10% da honestidade que eu represento nesse país”, afirmou Lula no discurso.

Ele discursou ao lado da socióloga Rosangela da Silva e a apresentou: “Eu consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada”. Na sequência, sob gritos da multidão, deu um beijo na companheira.

Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP).

UOL