O que está por trás da briga entre Flávio Bolsonaro e Wilson Witzel

O Antagonista

Alvo de investigações do MP do Rio, o senador Flávio Bolsonaro esperava que Wilson Witzel, ao ser eleito governador, pudesse influenciar o procurador-geral do Estado, Eduardo Gussem.

Candidato único eleito pelos membros do MP, Gussem foi reconduzido por Witzel e o cerco ao 01 fechou-se ainda mais.

Flávio foi salvo dos promotores pelo STF – no caso, por decisões dos ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes.

E agora avalia que Witzel, ao não segurar o MP, descumpriu um “acordo de campanha”, motivado pelo desejo de disputar a presidência em 2022 contra Bolsonaro – que ajudou a elegê-lo no Rio.

O Antagonista