Prefeito de Imbuia é morto a tiros ao sair de sede do Executivo…

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

O prefeito de Imbuia (SC), João Schwambach (MDB), foi morto a tiros ao deixar a sede do Executivo por volta das 18 horas de ontem. A vítima foi atingida por dois tiros na região do peito e morreu na hora, segundo o delegado regional Valério Farias. A cidade tem 5,7 mil habitantes e fica a 147 quilômetros de distância de Florianópolis.

Um homem de 77 anos é considerado o suspeito do crime. Após os disparos, ele retornou para casa e tentou tirar a própria vida com um tiro na cabeça, de acordo com a investigação. O suspeito foi socorrido pelo próprio filho e encaminhado para o Hospital de Ituporanga, cidade vizinha de Imbuia, e está em estado grave. A polícia ainda apura o que teria motivado o crime. “Surgiu comentário sobre uma desavença recente pelo fato de o prefeito querer fazer uma estrada pela propriedade do autor, mas estamos checando”, diz Farias. Imagens de câmera de segurança da prefeitura flagraram o momento dos disparos, porém, os investigadores ainda não tiveram acesso ao material.

Conforme o delegado, o suspeito chegou de carro, aguardou Schwambach deixar a prefeitura e efetuou os tiros de dentro do carro em que estava. “Ele estacionou ao lado do carro do prefeito e ficou esperando. Quando o prefeito se aproximou, ele o chamou na janela do carona e fez os disparos”, afirma Farias. O delegado não confirma que tenha ocorrido uma discussão prévia, antes dos disparos. A arma utilizada no crime ainda não foi encontrada, mas Farias diz ter sido um revólver calibre 32.

Devido ao crime, a prefeitura decretou luto oficial de três dias. Em nota, divulgada nas redes sociais do Executivo, foi informado que todas as repartições públicas municipais estarão fechadas hoje. O velório será realizado no Ginásio de Esportes Horácio Laurindo Machado, mas ainda não há horário para chegada do corpo no local. João Schwambach (MDB) foi eleito em 2016 com 2.357 votos (56,85% do total). Agricultor, plantava cebolas na localidade de Campo das Flores, no interior do município. Antes de assumir como prefeito, tinha sido vereador e vice-prefeito duas vezes.

UOL