Queiroz recebeu R$ 2 milhões em 483 depósitos feitos por assessores de Flávio, diz MP

Dados das quebras de sigilo bancários obtidos pelo MP do Rio mostram que Fabrício Queiroz recebeu R$ 2 milhões de outros 13 assessores do gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, informam Fabio Serapião e Fabio Leite na Crusoé.

Segundo informações juntadas pelos promotores no pedido de busca e apreensão feito à Justiça, foram 483 depósitos na conta bancária de Queiroz provenientes de outros assessores subordinados ao ex-deputado e filho de Jair Bolsonaro. O período analisado foi de 2007 a 2018.

O ANTAGONISTA