TSE começa teste de integridade em urnas eletrônicas de 2020

Mais um Teste Público de Segurança (TPS) está sendo organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Especialistas começaram, nesta segunda-feira (25), a testar a urna eletrônica que será usada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas eleições municipais de 2020.

Três técnicos individuais e cinco equipes estão inscritos para o Teste Público de Segurança (TPS).

Eles terão até sexta-feira (29) para tentar burlar o hardware ou o software da urna eletrônica e, de alguma maneira, violar os arquivos e comprometer, por exemplo, o anonimato dos votos, informa a agência EBC.

As atividades ocorrem em Brasília, na sede da Justiça Eleitoral, onde foi montado um espaço para que os especialistas possam trabalhar.

Em 2017, técnicos encontraram três falhas no sistema da urna eletrônica, conseguindo ter acesso aos dados internos do equipamento.

RENOVA MÍDIA