‘VIVER MAIS’ – Londrina vai ter condomínio para idosos de baixa renda

O Programa ‘Viver Mais’, lançado pelo governador Carlos Massa Junior nesta quinta-feira (24), vai promete a construção de quarenta moradias adaptadas em condomínios horizontais fechados, com infraestrutura e atendimento de saúde, assistência social e lazer.

Em Londrina, o programa terá a parceria da Prefeitura, que irá disponibilizar o terreno e fará o atendimento social. O projeto de casas para pessoas com mais de 60 anos em Londrina já estava desenhado pela Secretaria Municipal do Idoso, que buscava alavancar mais recursos .

“A iniciativa do governador é fantástica. Os idosos merecem atenção e cuidados especiais e a cidade deve todo respeito a eles. Com certeza o projeto vai até incentivar outras construções semelhantes no setor privado”, afirma o prefeito Marcelo Belinati.

Os projetos arquitetônicos contam com praça de convivência, biblioteca, sala de informática, academia ao ar livre, horta comunitária, salão de festas e piscina para hidroginástica. Os condomínios para a terceira idade vão ser construídos dentro do Programa Viver Mais Paraná, do Governo do Estado, para atender a população de baixa renda.

A iniciativa do Paraná beneficia pessoas com mais de 60 anos que não tenham casa própria, sendo a cessão do imóvel feito por meio de aluguel social. Cada condomínio contará com infraestrutura de saúde, assistência social e lazer para os futuros moradores. Poderão participar da seleção das unidades pessoas idosas com renda de um a seis salários mínimos, e que não sejam proprietários de outros imóveis. Os escolhidos poderão residir nas casas por tempo indeterminado, sozinhos ou em casais, com o pagamento de uma contrapartida mensal de 15% de um salário-mínimo, que equivale atualmente a R$ 149,70.

Redação Bonde com N.Com