Voto de relator sinaliza novo revés em investigação sobre Flávio Bolsonaro…

Flávio Bolsonaro (à esquerda) e seu ex-assessor Fabrício QueirozImagem: Reprodução/Instagram

Gabriel Sabóia e Igor Mello

Do UOL, no Rio

Caso seja acompanhado pela maioria dos desembargadores da 3ª Câmara Criminal do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio), o voto do relator de um pedido de habeas corpus do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, pode representar novo revés no Caso Queiroz. O desembargador Antônio Carlos Amado votou hoje pela anulação das quebras de sigilos fiscal e bancário do político. Os dados obtidos a partir delas foram essenciais para o avanço das investigações. As quebras foram concedidas a pedido do MP-RJ (Ministério Público do Rio) pelo juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio, em abril de 2019. Na mesma decisão, foram alvo das medidas…

UOL