Bolsonaro nega risco do coronavírus, defende cultos evangélicos e ameaça a vida de milhões de brasileiros

Em entrevista ao apresentador Ratinho, Jair Bolsonaro defendeu o direito de as igrejas e pastores realizarem seus cultos em plena pandemia de coronavírus, colocando em risco a vida de todos os brasileiros. “O pastor vai saber como conduzir isso com o seu povo”, afirmou

“Onde já se viu, tem prefeito querendo impedir isso. É um direito constitucional e o pastor vai saber como conduzir isso com o seu povo”, disse ele,, ignorando todos os alertas de instituições de saúde de todo o mundo.

BRASIL 247