Brasil registra quinta morte em decorrência do coronavírus

Último caso confirmado pelo governo de São Paulo é de um senhor de 81 anos, morador de Jundiaí

O governo de São Paulo confirmou no início da noite desta quarta-feira a quinta morte no país em decorrência da pandemia do novo coronavírus. O paciente é um senhor de 81 anos, morador de Jundiaí.

Durante a tarde, a operadora de saúde Prevent Senior confirmou outras duas mortes por coronavírus. De acordo com a empresa, os pacientes são residentes de São Paulo e têm 65 e 80 anos.

Ambos estavam internados no hospital Sancta Maggiore, no Paraíso. A unidade foi designada como o centro de cuidados para os pacientes do convênio que testaram positivo para a doença. Em nota, a operadora divulgou que possui 36 pacientes com confirmação do vírus.

A primeira morte do Brasil, registrada também em São Paulo, ocorreu no mesmo hospital desses dois casos. Sendo assim, São Paulo registra três mortes, todas elas em dependências da Prevent Senior. O quarto caso brasileiro foi registrado no Hospital Icaraí, no Rio de Janeiro.

Casos no país

A primeira morte por conta do coronavírus registrada no Brasil ocorreu na manhã desta terça-feira (17). A vítima também foi um homem, no entanto, ele tinha 62 anos e era residente de São Paulo. O paciente também fazia parte do grupo de risco, pois possuía diabetes e hipertensão.

O segundo caso foi confirmado no Rio de Janeiro. O paciente, com 69 anos, estava internado no hospital desde o dia 11 de março, quando apresentou os sintomas. Ele desenvolveu pneumonia e insuficiência respiratória nos dias que sucederam à internação. Essa junção de fatores o levou a um choque séptico e, consequentemente, à morte.

Confira o mapa do coronavírus COVID-19 no Brasil:
(situação até 17/03/2020)

OLHAR DIGITAL