CNH Social 2020: entenda quem pode participar e quais benefícios

CNH Social 2020: entenda quem pode participar e quais benefícios (Imagem:Reprodução/Google)

Alguns cidadãos brasileiros podem tirar a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de forma gratuita por meio de um programa do Departamento Estadual de Trânsito, mais conhecido como CNH Social. Entenda quem pode participar e quais são os benefícios.

Para a habilitação da categoria A, para motos e a categoria B para veículos, devem ser inscritos jovens entre 18 a 27 anos completos na data da inscrição. É necessário comprovar a renda individual de até três salários mínimos, e saber ler e escrever.

Já para a habilitação profissional para o transporte é necessário ter entre  21 e 50 anos completos na data de inscrição, comprovar renda individual de até três salários mínimos e saber ler e escrever.

Além disso, é necessário ter a CNH na categoria B (há pelo menos 12 meses), C ou D, sem ter cometido nenhuma infração grave, gravíssima ou média com reincidência nos últimos 12 meses.

O período de inscrição na CNH Social é realizado diretamente no site do Detran do Estado, o período vai depender da organização do próprio governo.

São necessários apresentar alguns documentos no momento de preencher a ficha de inscrição, sendo: Número de Inscrição Social – NIS,CPF; Data de Nascimento; Nome do candidato; E-mail e telefone; Município de residência e se é pessoas com Deficiência – PCD.

Entre os candidatos que se declararem PCD, somente serão contemplados aqueles cujo a deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente. O programa não permite que o recurso seja utilizado para a renovação da CNH.

Também são ofertados  cursos de qualificação para os participantes, contribuindo com o aumento da empregabilidade e da renda.

Atualmente, oferecem a CNH Social os seguintes estados:

  • Pernambuco;
  • Paraíba;
  • Amazonas;
  • Espírito Santo;
  • Minas Gerais;
  • Rio Grande do Sul;
  • Maranhão;
  • Goiás.

FDR