Covardia! Jovem é encontrada morta presa a correntes no fundo de um rio

Mulher é encontrada morta e acorrentada no fundo de um rio em Santa Catarina – Reprodução

Principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima

Santa Catarina – Uma ex-modelo de 29 anos foi achada morta, presa com correntes a peças de carro no fundo do rio Irani, no último domingo, na cidade catarinense de Xanxerê. Simone da Rocha Silveira estava desaparecida desde o início de março.
De acordo com o jornal Diário Catarinense, o principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, Adir Barbosa Martins, de 52 anos. O corpo dele também foi achado dentro do próprio carro no dia seguinte ao desaparecimento de Simone.
A tia da vítima revelou ao site ND+ detalhes da relação do casal: “Ele queria que ela se casasse com ele e fossem morar juntos, mas ela queria uma vida livre, porque já tinha vivido com outro homem por 10 anos. Era uma pessoa muito querida, calma, meiga, transmitia muito amor para nós. Era carente, onde encontrava uma pessoa que desse carinho, ela se apegava”, afirma Maria Salete.
O DIA