Deltan diz que corrupção voltou com tudo no governo Bolsonaro

247 – O procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, escreveu, em artigo do jornal O Globo, que “pouco a pouco, os mesmos políticos envolvidos em escândalos voltam a controlar a gestão de órgãos públicos e seus orçamentos”, ao falar sobre o governo de Jair Bolsonaro e suas alianças com o centrão.

Ele reforçou que as denúncias de interferência na Polícia Federal (PF), a rejeição da ciência no combate ao coronavírus, a possível ligação com milícias e outros casos do governo federal “minam a confiança da sociedade.

“Notícias de interferência na polícia e órgãos de persecução, ausência de um apoio firme à causa anticorrupção, investigações sobre seus integrantes, rejeição do papel da ciência na formulação de políticas públicas em meio à crise sanitária, possíveis ligações com milícias e disseminação de notícias falsas, ataques às instituições e arroubos verbais contra a democracia minam a confiança da sociedade.”

A Lava Jato, da qual Dallagnol fez parte, entretanto, foi fundamental para colocar Bolsonaro no poder, ao prender de forma ilegal o principal concorrente do atual presidente nas eleições de 2018, Lula, e ao liderar o processo de ataques ao governo do PT, durante o governo Dilma.

BRASIL 247