DITADURA: Depois da censura ao GGN no caso BTG Pactual, foi a vez da Globo ser censurada no caso das rachadinhas

247 – A juíza Cristina Serra Feijo, 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, proibiu nesta sexta-feira, 4, a TV Globo de exibir qualquer documento ou peça do processo contra o senador Flávio Bolsonaro relativos à investigação sobre o esquema de “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Segundo a revista Veja, a magistrada atendeu a um pedido da defesa do senador e filho de Jair Bolsonaro.

BRASIL 247