Doria: “Miliciar a polícia é uma afronta à Constituição”

João Doria disse neste domingo que, graças às declarações de Jair Bolsonaro, os governadores brasileiros “nunca estiveram tão unidos”.

O tucano afirmou que tem conversado diariamente com os governadores dos outros estados no WhatsApp e que o grupo se mostrou preocupado com o motim dos policiais militares no Ceará.

O governador de São Paulo disse ainda que “miliciar a polícia tira a legitimidade da categoria e é uma afronta à Constituição”.

“A situação do Ceará nos preocupa. Pensamos em fazer uma nova carta (a Bolsonaro), mas achamos melhor ouvir o presidente Bolsonaro sobre o que já formulamos.”

Na semana passada, 20 governadores assinaram uma carta em que criticaram a declaração do presidente sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega.

O ANTAGONISTA