Eduardo Bolsonaro nega oferta de cargos e verbas: “pouco importa”

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, negou nesta segunda-feira (1) que tenha ocorrido oferta de cargos e verbas extras por parte do governo federal para influenciar as eleições do Congresso. “Eu não vi nada disso. Mas como eu falei, pouco importa essas questões, eu quero saber de eleger um presidente (Câmara) que não vai deixar caducar as medidas provisórias. Um presidente que vai pautar as matérias que estiveram no centro das eleições de 2018. Isso é o que eu quero saber”, afirmou o parlamentar ao jornal O Estado de S.Paulo. Bolsonaro afirmou ainda que cabe à Procuradoria-Geral da República (PGR) apurar eventuais irregularidades. “Estamos aí fazendo parte do jogo político. Fico até feliz que o Planalto tenha se posicionado mais, porque parece que faltou isso na eleição de 2019 da presidência da Câmara”, disse.

GAZETA DO POVO