Gigantes da tecnologia renovam aliança de combate à pedofilia online

Google, Microsoft, Twitter e Facebook reforçam compromisso para garantir segurança de crianças na internet

Grandes empresas de tecnologia anunciaram a renovação de um compromisso para combater a pedofilia na internet. Parte de uma coalizão criada há 14 anos, o Projeto Proteção prevê “cinco pilares” para garantir a segurança de crianças em ambientes online.

Fazem parte do grupo empresas como Twitter, Facebook, Microsoft e Google.

Os pilares incluem inovação tecnologia, ações coletivas, pesquisas independentes, compartilhamento de informação e conhecimento, e transparência e responsabilidade.

O objetivo é criar ferramentas para evitar que crianças sejam vítimas de exploração sexual, além de criar relatórios anuais com os esforços da indústria na área.

As dificuldades não são poucas – por mais que ferramentas para detectar abuso de crianças na internet se tornaram mais sofisticadas, os tipos de abusos e golpes também. “A quantidade de gente online – mais de 4,5 bilhões em 2020 – criou um desafio extra para manter a internet um lugar seguro”, explicou o grupo em um comunicado.

OLHAR DIGITAL