Investigadores do caso Marielle convocam assessores de Carlos Bolsonaro

O Estadão diz que a Polícia Civil do Rio de Janeiro “voltou a convocar para depor, depois de mais de um ano, pessoas ligadas à vereadora Marielle Franco e ao vereador Carlos Bolsonaro (…).

Os investigadores tentam entender melhor como era a relação entre os dois parlamentares.”

A reportagem acrescenta que o filho do presidente “não é investigado neste caso nem foi chamado a prestar novo depoimento.”

O ANTAGONISTA