Mais de 100 toneladas de petróleo foram tiradas do litoral do NE, diz ministro

Bruno Aragaki, do UOL
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse hoje que Ibama e ICMBio recolheram mais de 100 toneladas de borra de petróleo no litoral do Nordeste desde o início de setembro.

Hoje, Salles foi a Sergipe para vistoriar regiões impactadas pelo óleo, que tem se espalhado pelo litoral do Nordeste desde o mês passado.

As primeiras manchas surgiram no litoral de Pernambuco, no início de setembro. Depois, chegou a Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e se espalhou para o Ceará, Piauí e Maranhão. Por fim, o material chegou à Bahia no último dia 3.

O governo de Sergipe decretou estado de emergência nos municípios atingidos pelo óleo. As medidas tomadas foram tomadas por conta do surgimento de extensa mancha de óleo na praia dos Artistas, em Coroa do Meio. A praia foi interditada devido à presença do material, que é tóxico. Segundo a Adema (Administração Estadual do Meio Ambiente), esta é a maior concentração da substância já encontrada nos nove estados nordestinos afetados pelo derramamento de petróleo cru desde o mês passado.

A Petrobras afirma que o material não é compatível com o extraído no Brasil.

UOL