Mandetta contrata sem licitação empresa que financiou sua campanha

Documentos comprovam que empresa investigada pagou voos de Mandetta (Foto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados)

247 – “O Ministério da Saúde contratou, usando dispensa de licitação para o combate ao coronavírus, uma empresa ligada ao financiamento de campanhas eleitorais do ministro Luiz Henrique Mandetta. A informação foi divulgada ontem pelo jornalista Breno Costa, do informativo Brasil Real Oficial”, informa a jornalista Constança Rezende.

“A pasta comprou, em regime emergencial, aventais hospitalares para o Sistema Único de Saúde (SUS) da empresa Prosanis Indústria e Comércio por R$ 700 mil. A empresa é de Aurélio Nogueira Costa, dono também da Cirumed Comércio Ltda. A Cirumed foi uma das maiores doadoras de campanha de Mandetta para deputado pelo Mato Grosso do Sul”, aponta ainda a colunista. Ela lembra que, em 2014, a empresa foi a segunda maior doadora da campanha de Mandetta, com um repasse de cerca de R$ 94 mil, por depósito em espécie. Em 2010, a empresa doou R$ 50 mil para a campanha de Mandetta, através de dois cheques.

BRASIL 247