Mesmo sendo proibido, Brasil exportou produtos de saúde à Itália com ajuda dos Bolsonaro

Por Luis Nassif, no Jornal GGN – Todos os países do mundo proibiram exportações de produtos de saúde, por se tratar de material estratégico para a segurança dos seus cidadãos. A Itália tentou vários países sem conseguir. Adquiriu produtos no Brasil, mas que foram impedidos de embarcar devido a medida provisória nesse sentido – solicitada pela própria indústria brasileira.

Aí, o deputado ítalo-brasileiro, que atua no parlamento italiano, Luis Roberto Lorenzato, entrou em contato com o deputado Eduardo Bolsonaro, com o chanceler Ernesto Araujo, com ONyx Lorenzoni e com o próprio Ministro da Saúde, e a partida foi liberada em um momento que se sabe haver ampla falta de produtos para a defesa da saúde dos brasileiros.

Itália agradece por ação emergencial de Bolsonaro: 'O primeiro país que não virou as costas!'

Itália agradece por ação emergencial de Bolsonaro: 'O primeiro país que não virou as costas!'O deputado italiano Luis Roberto Lorenzato agradeceu, em vídeo, pela ajuda do governo brasileiro, que desbloqueou máscaras e respiradores que já tinham sido adquiridos pela Itália mas estavam presos no aeroporto. O deputado agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e aos seus ministros pela solidariedade. Lorenzato afirmou que o Brasil é “o primeiro país que não virou as costas” ao seu país.

Posted by RC TV Interativa on Sunday, March 22, 2020

Itália agradece por ação emergencial de Bolsonaro: ‘O primeiro país que não virou as costas!’

O deputado italiano Luis Roberto Lorenzato agradeceu, em vídeo, pela ajuda do governo brasileiro, que desbloqueou máscaras e respiradores que já tinham sido adquiridos pela Itália mas estavam presos no aeroporto. O deputado agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e aos seus ministros pela solidariedade. Lorenzato afirmou que o Brasil é “o primeiro país que não virou as costas” ao seu país.

BRASIL 247