OMS indica produto alternativo diante da falta de álcool gel nos mercados

Álcool em gel – Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Documento dá orientações para a produção de gel antisséptico sem carbopol

São Paulo – Um grupo de pesquisadores da USP traduziu um documento da Organização Mundial da Saúde com instruções de como empresas habilitadas podem fazer um gel antisséptico sem carbopol, elemento químico essencial para fazer álcool gel que está escasso e também é usado em outros produtos. A diretriz tem mais de dez anos e foi estabelecida para países pobres, especialmente os da África.

Segundo especialistas, esta é uma boa opção para substituir o álcool gel no combate ao coronavírus, com o mesmo efeito de limpeza, desde que seguidas as devidas instruções em um ambiente industrial. “É um sanitizante mais líquido e também mais barato, com o melhor custo-benefício possível”, afirma o pesquisador Filipe Canto Oliveira, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP).

O DIA