Os 37 senadores que já assinaram a ‘urgência’ da prisão na 2ª instância

Como noticiamos aqui, o senador Lasier Martins (Podemos), autor do projeto de lei que altera o Código de Processo Penal para disciplinar a prisão após a condenação em segunda instância, decidiu colher assinaturas de seus pares para apresentar um requerimento de urgência pressionando pela votação da proposta, já aprovada na CCJ, no plenário do Senado.

Para que o pedido de urgência seja protocolado, são necessárias 54 assinaturas ou o apoio de líderes que representem esse número de senadores. Até agora, Lasier conseguiu 37 assinaturas — nada de Flávio Bolsonaro.

Outros senadores estão sendo procurados para assinar o requerimento. Veja a lista provisória abaixo.

Nesta semana, o grupo pró-prisão na segunda instância entregou a Davi Alcolumbre um manifesto — liderado pelo senador Major Olímpio (PSL) — cobrando uma atitude do presidente do Senado.

  1. Lasier Martins (Podemos)
  2. Randolfe Rodrigues (Rede)
  3. Eduardo Girão (Podemos)
  4. Izalci Lucas (PSDB)
  5. Fabiano Contarato (Rede)
  6. Alvaro Dias (Podemos)
  7. Major Olímpio (PSL)
  8. Alessandro Vieira (Cidadania)
  9. Plínio Valério (PSDB)
  10. Jorginho Mello (PL)
  11. Confúcio Moura (MDB)
  12. Eliziane Gama (Cidadania)
  13. Dário Berger (MDB)
  14. Esperidião Amin (PP)
  15. Elmano Férrer (Podemos)
  16. Leila Barros (PSB)
  17. Jayme Campos (DEM)
  18. Marcos do Val (Podemos)
  19. Reguffe (Podemos)
  20. Oriovisto Guimarães (Podemos)
  21. Soraya Thronicke (PSL)
  22. Mara Gabrilli (PSDB)
  23. Luis Carlos Heinze (PP)
  24. Luiz do Carmo (MDB)
  25. Carlos Viana (PSD)
  26. Flávio Arns (Rede)
  27. Simone Tebet (MDB)
  28. Rodrigo Cunha (PSDB)
  29. Arolde de Oliveira (PSD)
  30. Styvenson Valentim (Podemos)
  31. Prisco Bezerra (PDT)
  32. Vanderlan Cardoso (PP)
  33. Romário (Podemos)
  34. Márcio Bittar (MDB)
  35. Paulo Albuquerque (PSD)
  36. Mailza Gomes (PP)
  37. Juíza Selma (Podemos)

O ANTAGONISTA