Polícia prende quatro suspeitos de roubar 720kg de ouro em Guarulhos

Polícia prende quatro suspeitos de roubar 720kg de ouro em Guarulhos

METRÓPOLES


Quadrilha roubou o metal precioso, avaliado em R$ 123 milhões, que tinha instituições da América do Norte como destino


Polícia Civil de São Paulo prendeu quatro suspeitos de participar do roubo de 720 quilos de ouro que ocorreu no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na última quinta-feira (25/07/2019). Funcionário do aeroporto, Peterson Patrício, de 33 anos, foi preso no sábado, 27, à noite. O segundo suspeito, Peterson Brasil, foi preso na noite deste domingo (28/07/2019), bom como os proprietários de dois estacionamentos, onde a quadrilha estacionou as caminhonetes usadas no assalto.
O primeiro suspeito detido, Peterson Patrício, trabalhava havia sete anos como encarregado de despacho no aeroporto. Seu advogado, Ricardo Sampaio Gonçalves, disse que Patrício não confessou a ele ter participado no crime, mas diz ter sido mantido refém pela quadrilha no dia anterior ao roubo.
“Ele me disse que está muito confuso, que não sabe o que está acontecendo na verdade”, afirmou o defensor, que disse ter sido acionado por parentes de Patrício quando soube da prisão. “Uma família muito simples, de pessoas muito humildes, que não estão entendendo o que está acontecendo.”
Patrício foi o primeiro trabalhador do aeroporto a ser eleito pelos funcionários para integrar o Conselho da Administração da Concessionária, que é formado principalmente por executivos e membros da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Eleito em 2014, seu mandato terminou em abril de 2016. O conselho, que é um dos mais importantes da gestão do aeroporto, tem acesso a uma série de documentos, contratos e planos referentes ao aeroporto.
METRÓPOLES