Quem serão os candidatos ao Executivo ourinhense?

É cristalino o fato de que o número de candidatos a assumir a cadeira de prefeito municipal em Ourinhos aumenta a cada dia, embora ainda haja uma peneirada no grupo de oposição antes do registro de candidaturas, mas o fato de o prefeito Lucas Pocay estar meio cambaleante junto ao eleitorado, tanto que está jogando pesado para se manter no topo da pirâmide, vem animando pretensos candidatos, o que não está fácil ao prefeito ainda que utilize um exército de cargos comissionados atuando diariamente nas redes sociais, cargos que também cada qual será candidato a cadeira de vereador, e ainda o desespero raivoso de vereadores da base de sustentação ao se pronunciarem nas sessões camarárias, fato que não passa despercebido pela população.

Pelo que se nota mais cargos de confiança têm sido contratados enquanto uns poucos têm sido exonerados, o que vem causando certo desconforto dentro do grupo de Lucas Pocay diante de falsidades, trairagens, apoios inconsistentes, exigências e acordos não cumpridos, o que só vem piorar a situação.

A falta de obras construídas durante sua gestão, a contratação de centenas de ociosos cargos comissionados ao ponto de possivelmente já passar de 700 no total, a contratação de empresa de catação de galhadas, pontuada em 4º lugar no pregão, por 189 mil reais em dois meses com apenas 03 caminhões antigos, o escândalo da privatização da SAE, fato que preocupa a população que passa por uma grave crise de falta de água além da pandemia, uma série enorme de processos respondendo e à responder, empréstimos sem nexo que chegam a mais de 50 milhões deixados para os próximos prefeitos pagarem e dezenas de casos  indiferentes aos anseios populares, inclusive com uma enorme reclamação popular quanto a falta de remédios e agora, juntando tudo isso e muito mais que não tem como comentar, vêm sendo comparados continuamente com administrações passadas e forçosamente diminuindo drasticamente a popularidade do prefeito justamente agora, às vésperas da eleição que acontecerá, salvo alguma mudança mais, no dia 15 de novembro, o que também não é de alegrar a situação, pois novos candidatos terão tempo de se fazerem conhecer, mostrarem suas qualidades e planos de governo.

Diversos são os pré-candidatos, citando Prof. Robson, Vadinho, André Mello, Zóio e outros que, segundo consta, antes do registro das candidaturas farão uma peneiragem para definir quem será o candidato do grupo de oposição a enfrentar Lucas Pocay nas urnas do dia 15 de novembro, podendo até mesmo Ourinhos ter apenas 02 candidatos, de um lado o prefeito pela reeleição e de outro o escolhido pelo grupo opositor.

JORNAL TABLÓIDE

TABLÓIDE OURINHOS